O dia 28 de abril no mundo do trabalho é dedicado em memória às vitimas de acidentes e doenças do trabalho e visa criar uma cultura de prevenção.

A campanha ‘Abril Verde’ é uma forma de conscientizar sobre a importância da prevenção da segurança e saúde do trabalhador e é de extrema relevância no presente cenário de enfrentamento ao novo coronavírus.

Grandes pandemias da era moderna causadas por vírus

Segundo Macip (2020), a gripe A(H1N1) pode ser considerada a primeira pandemia a atacar um mundo globalizado e sem fronteiras.

A COVID-19, é a segunda grande crise sanitária no que se refere aos vírus.

Muitos casos podem ser assintomáticos, boa parte pode evoluir com tosse seca e febre, mas para alguns grupos da população (idosos e pessoas com comorbidades) pode ser letal.

Embora tenha uma letalidade média relativamente baixa, se propaga rapidamente, em parte porque os enfermos são contagiosos durante um perído sem sintomas.

Isso pode criar um grande impacto sanitário.

Atuar com cautela e rapidez compartilhando informação de dados é muito importante.

Existe uma ordem de grandeza relacionada ao tamanho do coronavírus em relação ao da bactéria, material particulado de 2,5μm e 10μm e da célula vermelha do sangue.

Locais de risco de contágio

Conforme dados da Secretaria de Saúde da prefeitura de Mauá/SP, a gradação de risco de contágio pelo COVID-19 segundo o local, do menor risco ao maior são, a saber: casa, veículo particular, via pública, supermercado, consultório médico, praça de alimentação, restaurante, elevador, cinema, transporte público, terminal rodoviário, aeroporto e hospital. Este último com risco mais alto.

 

Boas práticas de medidas de proteção coletivas e individuais

Cuidados com a higiene pessoal, sobretudo lavar as mãos com água e sabão, na impossibilidade utilizar álcool em gel, evitar tocar o rosto, o nariz, a boca e os olhos.

Utilizar máscaras de TNT ou de tecido; vários sites disponibilizam como fazer máscaras em casa com vários tipos de tecido entre eles o mask4all.

O uso incorreto das máscaras favore a contaminação, em que a pessoa expõe a máscara ao meio e depois recolhe no pescoço.

 

No lar

Ao chegar, tirar a máscara e luvas e jogar num saco fechado dentro do lixo comum, pois não são recicláveis.

Se a máscara for de tecido lavar com água e sabão.

O produtos de limpeza a base de cloro ou álcool sao eficazes para a limpeza da casa e detergente para lavar a louça.

É importante desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência, tais como celulares, brinquedos, torneiras, descargas, maçanetas, corrimões.

Não dividir copos, pratos e talheres.

Ventilar os cômodos; se morar em condomínio, atenção às áreas comuns e uso do elevador; devem ser fornecidos aos funcionários máscaras, luvas e disponibilizar álcool em gel.

 

Vias públicas

Higienização, desinfecção dos meios de transporte e vias públicas, distanciamento social e uso de máscaras na execução do trabalho.

 

Mobilização das comunidades mais carentes

Limpeza e desinfecção das vias comuns e fabricação de máscaras por iniciativa voluntária dos moradores da comunidade.

 

Meios de transporte

Boas práticas no transporte público sao o distanciamento e o uso de máscaras, além do rigor na higienização dos meios de transporte, tanto no acesso como no interior.

 

No trabalho

Devem ser previstos planos de ação compreendendo as medidas de prevenção e adequações referentes aos perigos identificados e aos riscos avaliados.

Características do equipamento de proteção individual EPI, segundo o agente biológico:

A cartilha elaborada pelo COFEN/COREN (2020), detalha a colocação e retirada dos EPIs para evitar contaminação.

A indicação é que a retirada do EPI observe a seguinte ordem: 1-luvas; 2- avental ou capote; 3- óculos ou protetor facial; 4- máscara cirúrgica.

No caso de procedimentos geradores de aerossóis: 1-luvas; 2- avental ou capote; 3- gorro ou touca; 4- óculos ou protetor facial; 5- máscara cirúrgica.

 

Hospitais e demais áreas da saúde: médicos, dentistas, enfermeiros e demais profissionais da saúde

Saúde e Economia: repensar os sistemas produtivos

Medidas de controle na entrada dos funcionários, distanciamento, fornecimento de equipamentos de proteção individual e proteção coletiva tais como colocação de anteparos onde necessário, além do rigor da higienização dos ambientes.

 

Indústria

Controle na entrada das indústrias; readequações em postos de trabalho.

 

Construção civil

Uso de máscaras e respeito ao distanciamento de trabalhadores.

 

Comércio

A mudança do trabalho presencial dos operadores de checkout, em especial de supermercados, consiste em dotar o posto de trabalho de anteparo entre o operador e o cliente, o uso de máscara e luvas na manipulação de mercadorias.

Fornecer álcool etílico hidratado 70° em gel para higienização.

Observar  distanciamento e rigor na desinfeção do ambiente e equipamentos de trabalho.

O processamento de dados executado por analistas de sistemas e digitadores executado através de um sistema de computador contribui para viabilizar e agilizar a introdução de novas tecnologias para atender as novas demandas do mercado e mudança no conteúdo do trabalho possibilitando como por exemplo,  o trabalho em home office.

Atividade de teleatendimento/telemarketing: a forma de organização das centrais de atendimento e de relacionamento com clientes deve respeitar o distanciamento dos postos de trabalho PA e higienização das superfícies e dos equipamentos, disponibilizar álcool em gel, e uso de máscaras.

Controle e distanciamento na entrada, distribuição  dos trabalhadores nas PAs.

 

Internet

Trabalho, operações financeiras e comerciais e ensino à distância

O contexto atual favoreceu o aumento e a inserção de novos usuários da tecnologia digital como estratégia de evitar deslocamentos para suprir as necessidades de produtos essenciais tais como: alimentos, remédios, pagamento de contas, estudo etc.

O uso e-comércio, de aplicativos de operações financeiras, o pagamento de contas e a educação a distancia, a consolidação do home office são exemplos de readequação do mercado para criar oportunidades de negócio, emprego e trabalho nessa nova realidade.

 

Desafios Futuros – Mudança de paradigmas

As medidas de isolamento e distanciamento social são importantes para ganhar tempo em um primeiro momento para se construir instalações de saúde, dotação de equipamentos.

A volta gradual dos diversos setores econômicos com proteção individual e coletiva deve ocorrer de forma planejada.

Com a colaboração de todos poderemos enfrentar a crise sanitária e econômica que essa pandemia acarreta.

Os grandes desafios futuros serão o estudo da doença e a aplicação dos conhecimentos gerados visando, com a maior brevidade, encontrar a cura através de medicamentos e a prevenção através de vacina.

Segundo Harari, em uma entrevista recente dada à BBC, as escolhas que estamos fazendo para combater a COVID-19 moldarão  nosso mundo nos próximos anos.

 

Agradecimentos

Em especial, a todos os profissionais da área da saúde, aos profissionais de limpeza, do comércio de produtos essenciais, do transporte de cargas e de mercadorias, serviços de delivery, trabalhadores da construção, trabalhadores rurais, ao empenho dos órgãos de pesquisa, enfim, à iniciativa voluntária das pessoas em prol do bem comum.