Apesar da própria NR-33 definir as normas de adequação aos espaços confinados no trabalho portuário, a ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes e modular o oxigênio em um reconhecimento efetivo na prevenção aos riscos relacionados a este ambiente.



Esta matéria é apenas para assinantes


É novo no site?

Assine 100% Gratuito!