Com a pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas encontraram um novo cenário no mercado de trabalho. Enquanto muitas empresas tiveram de desligar funcionários, muitas outras passaram a contratar. Ainda assim, é importante adequar as capacitações e aos processos seletivos, que atualmente acontecem de forma rápida e online.

Embora a Covid-19 tenha gerado um período complicado, algumas vantagens surgiram para o mercado. Além da contratação e processo online, muitas vagas foram desenhadas para que os colaboradores possam trabalhar diretamente de casa, no regime de home office.

Mirla Caúla, que é analista comportamental e formada internacionalmente como coach, oferece algumas dicas para aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho pós pandemia. “Apesar de online, é necessário ter atenção com os processos feitos pela internet e um dos pontos chave é a construção dos currículos nas plataformas de contratação. Itens como experiências e resultados obtidos, juntamente aos dados pessoais, objetivos, formação acadêmica são essenciais”, ela ressalta.

Atualmente a especialista atua como analista comportamental para empresas, fazendo a triagem de candidatos, por isso, a principal dica dela é utilizar palavras-chave para que o currículo seja melhor avaliado dentro das plataformas. No momento de preencher os objetivos, por exemplo, as palavras utilizadas fazem toda a diferença para afunilar aqueles que mais se adequam a vaga, bem como as qualificações e os cursos específicos feitos.

As entrevistas também possuem algumas regras de etiqueta e como 87% delas são feitas via internet atualmente, as recomendações de Mirla são simples. “Além da preparação, o silêncio é de muita importância na hora da apresentação online. Tanto homens como mulheres devem se apresentar de maneira formal, por isso optar por roupas sóbrias e maquiagem leve é uma boa ideia. Lembre-se que a primeira impressão é a que você pode ocasionar impacto positivo ou negativo”, conta.

Caúla também ressalta a importância de fazer uma boa pesquisa sobre a empresa, estudando os valores e o alinhamento dela, dessa forma a entrevista pode ser conduzida de forma objetiva. “Se você falar sobre seus valores e princípios, pode também coincidir muito com o que a empresa pede hoje em dia, então foque nos seus resultados e busque antes de qualquer contato entender sobre a missão, visão e valores que aquela empresa representa”, finaliza.