/*adsense*/
Propaganda

Categoria: Edição 4

Edição 04

Julho/Agosto 2019

Editorial

Saudações aos leitores!

A 4ª edição da Revista Preven está trazendo a vocês um assunto que envolve centenas de milhares de trabalhadores no Brasil, nas áreas pública e privada: a Construção Civil.

Veja os relatos dos representantes dos maiores sindicatos do país, o SindusCon e o Sintracon na avaliação de temas pertinentes à atuação no setor. Há uma necessidade premente de se falar a respeito de todo esse universo, já que este é o 4º setor em que ocorrem os maiores números de acidentes de trabalho.

Como sempre, estaremos enfocando temas sobre a Saúde e Segurança no trabalho, discutindo obrigações legais, diferentes situações em riscos e na saúde ocupacional e questões de maior segurança aos colaboradores, além de alternativas no campo da Ergonomia, como importantes melhorias para a saúde dos trabalhadores, discutidas em artigos de especialistas.

Não ficou de fora o uso da tecnologia aplicada à Construção Civil. Leia também o artigo ‘A Indústria 4.0’.

Leia as matérias relacionadas ao setor portuário; você vai conhecer os motivos pelos quais este é o mais difícil setor a contar com a normatização de regras.

A 4ª edição está recheada de novidades como as conquistas das mulheres na construção civil! Leia o relato de uma mulher que trabalha na construção há mais de 10 anos. E ainda, crimes contra jornalistas – quando a profissão é de alto risco.

Aproveite!

Uma importante ferramenta difundida pela OIT (Organização Internacional do Trabalho) já conta com uma versão em português publicada pela Fundacentro: “Avaliação Qualitativa de Riscos Químicos: Orientações Básicas para o Controle da Exposição a Produtos Químicos”, através da qual – perigo, exposição, risco e controles são categorizados em faixas ou níveis de ação.

Leia Mais

Exigências de maiores períodos trabalhados em atividades de riscos que demandem aposentadorias especiais, favorecerão aumentos de acidentes e doenças – por maiores exposições a atividades nocivas à saúde, aumentando também, concessões de aposentadoria por invalidez e auxílios-doença, com ônus ao Estado.

Leia Mais

O ordenamento jurídico dispõe de inúmeras normas visando proteger o meio ambiente do trabalho, a fim de prevenir os riscos à vida, saúde e integridade física e mental dos trabalhadores. Essas disposições devem ser aplicadas, com maior intensidade e efetividade, no setor da construção civil, uma vez que é este o setor eu conta com os maiores índices de acidentes e adoecimentos.

Leia Mais

A refeição ideal no canteiro de obras deve seguir as diretrizes estabelecidas pelo PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador), tendo como um dos principais elementos o carboidrato, que repõe rapidamente, energia perdida por grande desgaste deste trabalhador. Garantir aos operários uma correta alimentação no canteiro de obras é também uma questão de segurança.

Leia Mais
Carregando

Publicidade